14
Abr 12

 

     Decorreu sábado dia 14, na Biblioteca José Saramago, no Feijó a apresentação do livro infantil “O Burrico Traquina” da escritora Isabel Moreira Rego. Livro esse que foi distinguido com “ Menção Honrosa”, por decisão unânime do Júri, do Prémio de Poesia e Ficção de Almada 2007, em Literatura para a Infância e Juventude

 

  

 

 

A mesa que presidiu ao lançamento do livro  para além da   escritora Isabel Rego, foi composta ainda pela Dra. Maria Fátima Santos, que fez a leitura de alguns poemas, o escritor Hélder Gonçalves,autor de dois romances "Origens e o Refúgio e que fez a apresentação obra tendo traçado um retrato da escritora e o Dr.  António Leote, proprietário da  Gráfica”Offsetmais que publicou o livro.

 

 Na apresentação da obra, Hélder Gonçalves, realçou o papel da escritora e a sua devoção pela literatura infantil, salientando que Isabel Rego, oriunda do Algarve e de família ligada ao campo teve que trabalhar bem cedo para ajudar a família e que agora passa para livro os seus sonhos e brincadeiras de criança

 

A escritora no uso da palavra agradeceu aos presentes a sua participação no evento tendo dirigido palavras elogiosas e de gratidão para o Dr. António Leote, o qual há muito lhe vinha propondo a publicação do livro, mas que ela ia adiando e para o grande amigo Hélder e para a responsável pela cedência do espaço da Biblioteca para o lançamento do livro. Mais adiante na sua intervenção a escritora teceu palavras de agradecimento e elogios a Natasha, a autora das ilustrações, qual soube dar vida aos intervenientes na história.

 

Depois afirmou que desde 1997 tem participado nos concursos promovidos pela Câmara Municipal de Almada e que em 2007 ficou surpreendida com a atribuição da “Menção Honrosa” atribuída ao “Burrico Traquina “no concurso Prémio de Poesia e Ficção de Almada 2007, questionando-se mesmo, como foi possível o seu livrinho (como diz) ter tal distinção, distinção, como disse não foi para ela, mas sim para todas as crianças, já que o livro foi feito para elas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Questionada pelo blog "Almadaflores" sobre o porquê da sua  dedicação ao livro infantil?

 

Isabel Rego, disse-nos: -“Quis passar parte da minha meninice, para livros infantis, vivi no campo, vivi em liberdade, tempos que foram difíceis, mas em que nós crianças tínhamos tempo para brincar e o dom especial de comunicar com as crianças, a capacidade de sonhar, nasceu livre, nasceu poeta e assim deixo parte de mim nos livros”.

 

A autora que já tem para edição mais 4 livros infantis, Ouriços-cacheiros; A Libélula e as Flores de Nenúfr;As duas Abelhinhas Gémeas e a Formiga trabalhadeira e a Cigarra Cantadeira, avançou com algumas das histórias do livro que presentemente está a escrever, “O Mealheiro Mágico” salientando que o Mealheiro Mágico, só é mágico quando tem dinheiro lá dentro e deixa de ser mágico quando não tem dinheiro.

                                         

 

 

Lançamento do Livro Burrico        A escritora Isabel Rego, na companhia de uma das suas admiradoras, Maria Rita

 

publicado por almadafloresjfcandeias às 21:24

Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

29
30


arquivos
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO